Mulher vende árvores que estavam em terreno da prefeitura de Marumbi

1032

Em Marumbi, na Vila Rural Flor do Vale, por volta das 15h20, a equipe policial de Marumbi recebeu informações de que madeireiros estariam cortando árvores em área de preservação permanente ou reserva legal, e que a madeira extraída estaria sendo carregada em um caminhão de cor branca para ser retirada do local situado na divisa da vila rural, mais precisamente onde há um poço artesiano que fornece água potável à referida vila em Marumbi.

Os policiais localizaram o caminhão carregado com aproximadamente 19m cúbicos de madeira de eucalipto cortada para lenha, estacionado nas proximidades de um bar, na entrada da vila rural, onde o condutor foi localizado no interior do estabelecimento acompanhado de um ajudante, e relatou ser funcionário da empresa do município de Cambira e o proprietário havia comprado a madeira de uma mulher, residente em um dos lotes da vila rural nas proximidades do local de extração da madeira.

Um funcionário da prefeitura constatou que a área realmente pertence ao município de Marumbi e a prefeitura não havia autorizado nenhum tipo de extração ou retirada de madeira daquela área,

A mulher confirmou aos policiais que havia negociado a madeira, que segundo ela teria sido plantada pela sua própria família no passado e que sabia que a área pertencia ao município de Marumbi.

Diante do crime de furto constatado, foi dada voz de prisão aos autores e todos encaminhados à delegacia de Policia civil de Jandaia do Sul.

Compartilhar