Já estão identificados indivíduos que atearam fogo em seis ônibus em Sarandi

696

O delegado de Sarandi Adriano Garcia confirmou, em entrevista coletiva concedida na manhã desta quinta-feira, 24, que o veículo usado para transportar os criminosos que atearam fogo em seis ônibus do transporte coletivo metropolitano em uma garagem na cidade, foi locado a pedido de um sindicalista – ligado ao Sinttromar (sindicato que defende os trabalhadores no transporte coletivo). Uma mulher que foi interrogada ontem, 23, segundo a polícia, confirmou a versão em depoimento.

Garcia afirmou também que todos os envolvidos no crime já estão identificados. Segundo as investigações, estavam em quatro pessoas em um carro, três desceram do veículo, dois pularam o muro da garagem e o outro entregou dois galões com combustível . As placas do veículo foram identificadas por meio de câmeras de segurança. “Contamos com o apoio da população através do disque denúncia. Esse apoio tem sido muito importante no trabalho”, afirmou o delegado.

O prejuízo causado pelo incêndio é estimado em mais de R$ 2 milhões.

O incêndio ocorreu na madrugada de quarta-feira.

Na semana passada, uma greve da categoria – organizada pelo sindicato – durou seis dias.

 

Leonardo Filho – Com informações do repórter Márcio Gomes – Equipe Pinga Fogo

Compartilhar