Morre o segundo elemento baleado em confronto em Mandaguari

1457

Morreu na madrugada desta terça-feira, 03 de dezembro, no HU de Maringá, o segundo elemento que foi baleado em confronto com a Polícia Militar na tarde de segunda-feira (2) em Mandaguari. Segundo a Polícia Militar, o adolescente de 17 anos que ainda não teve a identidade confirmada, não resistiu e entrou em óbito.

Durante o confronto, Paulo César de Oliveira Santos, 30, morreu no local, no Jardim Morumbi, em Mandaguari.  Na noite de domingo, 01 de dezembro, eles sequestraram a família do gerente do Banco Itaú de Cambira.

Já no começo da tarde de segunda-feira (2) os reféns foram liberados  em Maringá mas os bandidos fugiram.  A polícia investigava e descobriu que o bando estava se escondendo no Jardim Morumbi e coordenava suas operações de uma casa na Rua Arthur Bellini, no Jardim Cristina com Morumbi onde houve o confronto e um dos elementos morreu no local.

Relatório da PM

As equipes ROCAM e RPA de Mandaguari tomaram conhecimento de que os autores de diversos crimes de roubo seguido de sequestro ocorridos nas cidades da região empreenderam fuga de uma equipe policial de Maringá com uma Twister de cor preta e poderiam estar se escondendo no Jardim Cristina em Mandaguari. Diante das informações foi intensificado o patrulhamento no bairro, sendo a referida motocicleta localizada em frente a uma residência pela equipe da ROCAM, foi realizada abordagem na residência e visualizado 5 pessoas, sendo 3 deles armados com arma de fogo. Três indivíduos empreenderam fuga e 1 deles apontou a arma em direção a um dos policiais, sendo realizado disparos em direção aos indivíduos que se evadiram pelos fundos da residência. Foi solicitado apoio das equipes de área e 2 deles entraram em confronto com a equipe CHOQUE de Maringá, vindo um a óbito no local e o outros ficou ferido e foi hospitalizado. Um deles conseguiu fugir e foi identificado posteriormente. Os outros dois indivíduos foram presos, sendo um homem e uma mulher, foram    encaminhados até na Delegacia de Apucarana. Os envolvidos são suspeitos de ter praticado dois roubos seguido de sequestro em Mandaguari, e também terem cometidos o mesmo crime nas cidades de Cruzeiro do Oeste na semana passada e nas cidades de Cambira e Sarandi na data de hoje. A ocorrência resultou na recuperação de objetos roubados, além da apreensão de duas armas de fogo e uma motocicleta utilizada nos crimes.

Compartilhar