Casos de lesão corporal e violência doméstica são atendidos pela PM de Jandaia do Sul

687

Na manhã de quinta-feira (12) a  solicitante informou que sua mãe sofreu agressão (asfixiada) por parte de seu tio. No local em contato com a vítima de 43 anos, informou que reside na Avenida Senador Souza Naves e  pela manhã foi asfixiada por seu irmão de 50 anos, que disse que a mataria devido um boletim de ocorrência de Lesão Corporal, contra o mesmo por parte da vítima.

Devido a situação a vítima saiu do local da agressão e foi até a residência de parentes na Rua Pedro Zanardi, no Jardim Vista Alegre, com sinais de agressão no pescoço (escoriações) onde solicitou a equipe policial.

Informou ainda que não deseja representar criminalmente contra seu irmão, e que se decidir, representará posteriormente diretamente na Delegacia de Jandaia do Sul, sendo devidamente orientada quanto aos procedimentos.


Já na Rua Manoel Parras Morilhas a Polícia Militar foi informada que houve uma agressão entre irmãos, onde solicitante/vítima foi agredida com um “tapa” no rosto pelo seu irmão. No local em contato com a solicitante de 34 anos, informou que reside na mesma residência que seu irmão de 51 anos e por motivos familiares se desentenderam, onde desferiu um tapa no seu rosto, não resultando em lesões e em seguida se evadiu do local antes da chegada da equipe. Informa ainda que tomará providências posteriormente, sendo assim devidamente orientada.

Compartilhar