Projeto “Ver com as Mãos” da Escola Mun. Monteiro Lobato

631

Na noite de quinta-feira (25) no pátio da Escola Municipal Monteiro Lobato, aconteceu o encerramento do “projeto Ver com as Mãos”. Trabalho desenvolvido pela professora Samanta Crystina, juntamente com seus alunos da Sala de Recursos Multifuncionais Tipo 02 – DV (Deficientes Visuais), onde o principal objetivo foi o desenvolvimento das mãos. Os alunos durante todo o ano, realizaram várias atividades como receitas, molduras, quadros, esculturas, pinturas, entre outras.

O projeto conta com o apoio do programa A União Faz a Vida, do Sicredi Valor Sustentável, de Jandaia do Sul, tendo como sua representante Patrícia Goularte, assessora de Comunicação Social, que falou sobre o programa desenvolvido em parceria com a rede municipal.

“Acreditamos que a educação pode transformar a realidade. Por isso, o Programa A União Faz a Vida conta com uma metodologia inovadora, que explora o conhecimento além dos livros e da escola. Estimulando a cooperação e a solidariedade entre os alunos, desenvolvemos cidadãos mais abertos ao diálogo e capazes de transformar positivamente o mundo ao seu redor. Para nós, vivenciar novas experiências e explorar o mundo enriquece o aprendizado. Por isso criamos um Programa com uma metodologia focada no diálogo entre os conhecimentos escolares e a comunidade”, finalizou.

Ressaltamos que utilizamos como logo para este Projeto, um logo que originalmente pertence a um Programa já existente, com o nome de Projeto Ver com as Mãos, que desenvolve ações na mesma área desenvolvida por esta Escola Pública. Recomendamos que os interessados em conhecer maiores detalhes sobre este Projeto, visitem o Facebook do mesmo, através do seguinte endereço: https://www.facebook.com/pg/ProjetoVerComAsMaos/about

Agradecemos as Professoras do referido Projeto pela compreensão e gentileza na utilização do logo, e na certeza de que levamos à sociedade de forma geral, uma possibilidade concreta de inclusão social.

“As mãos são mais sagradas que os lábios que rezam” – Madre Teresa de Calcutá

.

Compartilhar